VOLTAR AO TOPO
Editorial
HOME
EDITORIAL
Nossa Medicina rumo ao futuro
Nossa Medicina rumo ao futuro

EditorialEdição 73829/11/2017

Apesar de toda a polêmica que gerou e, por algum tempo mais vai continuar gerando com toda a certeza, fechou-se finalmente o acordo entre a AISI e o Grupo NRE/Bozano, que assumirá a nossa Faculdade de Medicina. Itajubá tem o orgulho de haver criado e sediar instituições de ensino superior de excelência reconhecidas até internacionalmente, desde que Theodomiro Santiago e seus companheiros criaram o IEI – Instituto Eletrotécnico de Itajubá, no início do século passado, hoje a nossa gloriosa Unifei – Universidade Federal de Itajubá, formadora e exportadora de profissionais do mais alto gabarito para o mundo inteiro. Tal como a Unifei, aqui criamos a FMIt – Faculdade de Medicina de Itajubá, mantida desde a década de 1960 pela AISI – Associação de Integração Social de Itajubá, juntamente com seu Hospital Escola, de cujos bancos escolares e corredores saíram e continuam saindo profissionais que somente nos dão orgulho. Tal como instituições das ciências exatas e médicas, temos a Fepi – Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá, mantenedora de cursos de ciências humanas e biológicas, inclusive, mais recentemente, Direito, a Facesm – Economia e Contabilidade. Temos cursos de graduação, extensão e pós-graduação. Somos, de fato, uma cidade universitária. Tal como ocorreu com a antiga Efei, com a Fepi, com a Facesm, a AISI viu a necessidade de se preparar para o futuro e, para tanto, seriam necessários investimentos que a Associação não teria condições de realizar. Tal como qualquer empreendimento – mesmo que não tenha fins lucrativos – que deseje crescer, e que não disponha de recursos próprios, qualquer entidade tem que se unir a quem possa lhe oferecer tais recursos, como parece ter ocorrido, agora, entre AISI e o Grupo Bozano, um dos maiores e mais tradicionais grupos financeiros do país. É evidente que tal parceria não pode, nem haverá, de prejudicar a excelência do ensino superior proporcionado por nossa Faculdade de Medicina em benefício de quaisquer interesses econômicos. Essa é a preocupação, compreensível, daqueles que se postam contra tal parceria, mas não há evidência de que tal venha a ocorrer, até porque é do interesse comum dos parceiros que a instituição cresça e se aperfeiçoe, já que nenhum grupo financeiro vai investir com intenção de perder investimentos ou sem a mínima certeza de que o negócio é promissor. Nenhuma mudança é fácil, é preciso determinação, talento e coragem para ousar. Nessa edição publicamos mais uma conquista do Hospital Escola comandada pelo seu diretor, Dr. Rodolfo Cardoso. Já está virando rotina. Que bom para Itajubá!


DEIXE SUA OPINIÃO







Seu comentário estará sujeito à análise

COMENTÁRIOS (0)



Desenvolvido por Traço Leal Créditos

Jornal Itajubá Notícias R. Dr. Américo de Oliveira, 241 | Centro | Itajubá - MG | CEP 37500-061