VOLTAR AO TOPO
Variedades
HOME
VARIEDADES
Ligas Acadêmicas da Faculdade de Medicina se unem e promovem ações de saúde dentro do ‘Outubro Rosa’
Ligas Acadêmicas da Faculdade de Medicina se unem e promovem ações de saúde dentro do ‘Outubro Rosa’

Variedades Notícia Destaque 11/10/2017

Cerca de 80 alunos da Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIt), que integram diferentes Ligas Acadêmicas, em  suas respectivas especialidades, se uniram ao Diretório Acadêmico 8 de Outubro e promoveram ações para divulgar a promoção à saúde, no domingo, dia 8 de outubro. Em especial, aproveitaram a atenção do mundo inteiro para a prevenção do câncer de mama, que se comemora dentro da programação do Outubro Rosa.

Foram vários serviços da área da Medicina ofertados ao público que esteve no Parque Municipal naquele dia. “Tivemos uma corrida de 5 km, uma caminha de 2,5 km e várias tendas sob responsabilidade dos acadêmicos”, explica a professora e coordenadora do projeto Corrida da Saúde, Roseane Cândido Irulegui.

De acordo com ela, nessas tendas eram oferecidas orientações diversas como sobre a prevenção da saúde feminina; sobre o projeto ‘Mama Amiga’ – que aborda as próteses mamárias; sobre o câncer de pele - amostras de protetores; dúvidas de Ortopedia, entre muitos outros serviços médicos. “Teve ainda aferição da pressão arterial, glicemia, medição do índice de massa corporal, exposição do projeto HumaniZarte - que trabalha o entretenimento com crianças internadas e, para animar o ambiente, teve a participação da Bateria da Faculdade”, acrescenta Roseane.

Para o acadêmico do quarto ano, Leonardo Damalio Luís, que também é coordenador da Educação Médica da FMIt, foi uma experiência muito bacana para sua formação. “O intuito de uma Liga Acadêmica é sempre levar conhecimento para a sociedade. Esses eventos, juntos, foi uma forma que encontramos de levar maior parte dessas Ligas e fazer um projeto para toda a comunidade. Cada grupo trabalhou o seu tema, em especial envolvendo a saúde da mulher, e fez o seu melhor para prestar a informação para quem prestigiou o evento”, disse.

 

I Corrida pela Saúde

Um dos eventos de maior destaque foi a Corrida pela Saúde, realizada na manhã de domingo.

Ao todo, mais de 500 pessoas participaram das atividades, que teve o apoio da Prefeitura Municipal de Itajubá – por meio da Secretaria de Saúde e Esporte, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Copasa. O patrocínio foi de Diretório Acadêmico 8 de Outubro; Ligas Acadêmicas da Faculdade de Medicina de Itajubá; Clínica Sul Mineira Tomosul; Bioflora; Casa Charles; Casa Joka; Delícia Natural; Comemore! Por Mariza Eventos; Unimagem, Unimed e Sanicor.

Havia participantes homens e mulheres, que largaram às 9h30. Às 10h foi a largada do pelotão que fez a caminhada. Os 300 primeiros colocados receberam medalhas e certificados de participação. 

 

Projetos de Extensão

Essas atividades realizadas dentro da programação do Outubro Rosa foram idealizadas pela Liga de Patologias, no intuito de promover a Extensão da Faculdade de Medicina de Itajubá, conforme explica o professor e coordenador do Departamento Científico, Rodolfo de Souza Faria. “Entre as metas que temos como instituição, estão as de estabelecer um bom ensino, uma boa pesquisa e boa extensão. Esse foi um projeto de extensão, que tem em seu conceito partilhar com a comunidade o conhecimento cientifico e de pesquisa que o aluno tem durante a graduação. É uma troca, porque os alunos também aprendem”.

Roseane lembrou que há cerca de dois anos aconteceu o ‘Prostate Run- 1ª Corrida e Caminhada da Saúde do Homem de Itajubá’, que foi um evento semelhante voltado para a prevenção do câncer de próstata, também organizado pela FMIt, com o professor Gerson.

O Outubro Rosa x 58 mil novos casos

A professora Roseane lembra que essa mobilização é muito importante porque os dados mais atuais, de 2016, indicam que são cerca de 58 mil novos casos de câncer de mama por ano. “A população se orienta e fica em alerta quanto às possibilidades de prevenção com um diagnóstico precoce. É uma preocupação que todos devem ter”, destaca.

A história do ‘Outubro Rosa’ data o ano de 1996 para o nascimento desse movimento, nas cidades de Yuba e Lodi, nos Estados Unidos, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre a doença, promover a conscientização sobre o câncer, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, e contribuir para a redução da mortalidade. No Brasil, a força maior de apoio no mês Outubro Rosa começou em 2002 e muitas instituições aderem às campanhas.

Ações das Ligas são durante o ano todo

O vice-diretor e coordenador de cursos da Faculdade de Medicina, professor José Marcos dos Reis, reforçou que essas ações das Ligas Acadêmicas acontecem durante todo o ano, alternando-se os temas e atividades. “Teremos ainda o ‘Novembro Azul’, o Dia Mundial de Combate à Aids, em dezembro... enfim, sempre estaremos envolvendo a sociedade em tudo o que os alunos promoverem”, declarou.

 Para José Marcos, a importância desses eventos é mostrar que além do aspecto social do Hospital Escola/Faculdade de Medicina, na assistência, no atendimento médico, no transplante, tem o aspecto dos alunos estarem inseridos na sociedade. “Envolver o conhecimento e atividades que tragam essa parceria, dos alunos com a população, é fundamental e gratificante”.

Ele garante que o mesmo trabalho de orientação e alerta sobre o tema é feito internamente, com profissionais da FMIt e HE. 

 

tem-que-entrar-6-DESTAQUE-site.jpg tem-que-entrar-3-DESTAQUE.jpg tem-que-entrar-2-DESTAQUE-site.jpg


DEIXE SUA OPINIÃO







Seu comentário estará sujeito à análise

COMENTÁRIOS (0)


PUBLICIDADE


Desenvolvido por Traço Leal Créditos

Jornal Itajubá Notícias R. Dr. Américo de Oliveira, 241 | Centro | Itajubá - MG | CEP 37500-061